domingo, 29 de julho de 2012

Capítulo 67




No capítulo anterior...

Nick: Entra. – abri a porta e quando o encarei comecei a chorar mais do que já estava chorando.

Miley: Oi.

Nick: Miley¿ - eu chorava tanto.

Miley: Eu senti sua falta.

************************************

Nick: Eu também senti sua falta, mas você poderia ter pensado nisso antes de sair.

Miley: Nick olha como eu estou. Você acha o que¿ Que eu fiquei feliz em deixar todas as pessoas que eu amo aqui¿ Eu tenho uma família fora daqui, eles fazem parte da minha vida e tava tudo muito difícil.

Nick: Esse é o problema, tava tudo muito difícil por aqui Miley e você não precisa de um ano pra visitar sua família. – ele disse saindo correndo do quarto e descendo as escadas.

Miley: NICK!  - disse indo atrás dele que foi em direção à sala correndo. – Nick!

Demi: Onde vocês vão¿

Nick: Eu vou sair.

Joe: Qual é cara.

Nick: Não se mete Joe.

Miley: Nick! – eu disse me abraçando a Demi. – Ele não me ama mais.

Demi: É claro que ama. Joe, não deixa ele pegar o carro. – Joe saiu correndo atrás dele e depois voltou com a chave do carro.

Miley: Porque ele ta fazendo isso¿

Joe: Ele ta nervoso Miley.

Nick: É incrível em como todo mundo acha que ela tá certa em sair daqui.

Joe: Ninguém ta certo aqui Nick. Nem você.

Nick: Isso porque não foi a Demi que saiu um ano com o pai dela.

Joe: E se ela saísse eu não ia brigar com ela desse jeito.

 Nick: É Joe, claro, você ia aceitar a situação numa boa.

Joe: Não, não ia não, mas não ia fazer o que você ta fazendo. É a tua mulher cara, você vai perder ela.

Miley: Para! Nick, se você quiser resolver a situação você vem falar comigo. Tchau. – saí correndo dali.

Demi: Miley, volta aqui. – ela segurou meu braço. – espera que eu te levo.

Miley: Eu quero ir andando.  – eu me perdi nos olhos dele, fiquei ali parada olhando pra ele, chorando como louca. – eu te amo. – saí dali e fui embora a pé.

Miley off, Demi on.

Miley foi embora correndo e sobramos eu, Nick e Joe ali. Nick subiu correndo.

Joe: Palhaçada do Nick.

Demi: Deixa ele Joe, ta com a cabeça quente.

Joe: Olha como ela tava Demi, olha como ele falou com ela.

Demi: Joe, eu sei que você ama ter a Miley como cunhada, mas espera que uma hora as coisas se ajeitam.

Joe: Demi, vai falar com ele.

Demi: Joe...

Joe: Demi, vocês são melhores amigos.

Demi: Tudo bem, me espera aqui.

Subi e entrei no quarto do Nick que estava jogado na cama.

Demi: Hey.

Nick: Demi, eu quero ficar sozinho.

Demi: Eu preciso conversar com você.

Nick: Se você ficar aqui eu vou acabar brigando com você e eu não quero perder outra pessoa importante.

Demi: Você ainda não perdeu ninguém. – ele se sentou e olhou pra mim, me sentei ao lado dele. – Pensa bem no que você está fazendo.

Nick: Eu passei um ano pensando nisso.

Demi: A Miley te procurou tanto Nick. Você não respondeu nenhuma das mensagens, não retornou nenhuma ligação e mesmo assim a primeira coisa que ela fez foi vir aqui ver como você está. Vocês brigaram e ela ainda disse que te ama.

Nick: Mas antes de sair ela disse bem claro que me odiava e que eu não era importante.

Demi: Você sabe que isso é mentira.

Nick: Eu acho melhor a gente ficar afastado por um tempo e ver no que dá.

Demi: A decisão é de vocês. – o abracei e saí dali.

Joe: E aí.

Demi: Ah...

Joe: O que o Nick ta fazendo cara...

Demi: A gente não pode fazer mais nada né.

Joe: É e você¿

Demi: O que que tem¿

Joe: Vai ficar aqui hoje¿

Demi: Não sei, eu tenho prova amanhã, tenho que estudar.

Joe: Demi, você estudou o dia inteiro.

Demi: Eu sei mas é que...

Joe: Demi, você sabe tudo que precisa saber.

Demi: Eu só quero dar mais uma lida na matéria, você sabe.

Joe: Sei de que¿

Demi: Que... que é sempre bom dar mais uma lida na matéria. Joe é sério, você sabe que eu ia amar ficar aqui, mas eu odeio fazer prova quando eu estou insegura com a matéria e são as provas finais, eu não posso ir mal.

Joe: Demi, porque você não pode ir mal, sendo que você já foi bem em todas as outras¿

Demi: Me diz como você se tornou um médico renomado¿

Joe: Estudando, mas não como você.

Demi: Joe, é sério, eu tenho que ir.

Joe: Ta bom, quer que eu te leve¿

Demi: Não precisa, eu to com o carro aqui.

Joe: Te amo ta¿

Demi: Eu também te amo. – selei nossos lábios. – Tchau.

Joe: Tchau.

-semanas depois-

#LIGAÇÃO#

Demi: Hey Miley, você não vem¿

Miley: Demi, me desculpa, mas ficar no mesmo lugar que o Nick é impossível.

Demi: Miley, você tem que sair de casa. Vocês sempre vão acabar se esbarrando e já ta na hora das coisas se ajeitarem entre vocês.

Miley: Demi, eu queria muito ir mas olhar pra ele e... Demi, eu não consigo ficar no mesmo lugar que ele, sem poder abraçá-lo.

Demi: Então porque não o abraça¿

Miley: Porque ele não deixa. Ele me odeia Demi.

Demi: Hey, não chora.

Miley: Ele não consegue entender.

Demi: Ele é cabeça dura, você sabe, mas ele vai...

Miley: Não, ele não vai. Ele se recusa e conversar comigo, o problema é que ele não quer saber o que aconteceu.

Demi: Ele anda muito nervoso.

Miley: Eu sei que ele está cheio de casos pra resolver, que ele acabou de se formar, mas ele não pode descontar a raiva de tudo que ele tem em mim.

Demi: Porque você não vem hoje e tenta conversar com ele de novo¿

Miley: Não sei...

Demi: Por favor.

Miley: Tudo bem.

Demi: Se cuida ta¿

Miley: Pode deixar. Beijo.

Demi: Beijo.

#LIGAÇÃO#

Demi off, Miley on.

Me troquei.



Cheguei na casa de Demi e todos já estavam lá, inclusive Nick. Eu despensava qualquer troca de olhares com ele, até eu ter ido na cozinha buscar água e ouvir a sua voz.

Nick: A gente tem que conversar né¿ - me virei pra ele e assenti.

Miley: O que a gente vai fazer¿

Nick: Eu acho que a gente... pode ser amigos¿

CONTINUA...

Hey, como vão minhas leitoras favoritas? rsrs OMG o que será que vai acontecer... =( será que eles... OMG rsrsr eu sei õ/parei! Bem, é isso, espero que tenham gostado!

Mah Jonas

sábado, 28 de julho de 2012

Capítulo 66




No capítulo anterior...

Demi: Você é perfeito.

Joe: Você me faz assim.
Ficamos um encarando o outro por muito tempo e depois ele me abraçou.

Joe: Deita aqui comigo. – ele disse me puxando pra deitar com ele.
Ficamos ali até ambos pegarmos no sono, enquanto Joe brincava com meu cabelo.

*********************************

(...)

Acordei e tirei o braço do Joe de leve de minha cintura pra não acordá-lo. Fui até lá em cima e peguei nossas roupas que estavam no chão quase secas, desci e as pendurei pra que terminassem de secar.
Passei pelo banheiro, lavei minhas mãos e depois fui na cozinha. Bebi um suco que tava ali e fui dar uma olhada no meu celular que estava sem sinal. 

Senti de repente ele me abraçar.

Demi: Bom dia dorminhoco.

Joe: Essa fala é minha.

Demi: Você que dormiu muito hoje! – disse me virando e dando um abraço nele.

Joe: É que ontem eu tive o dia mais perfeito da minha vida, com a mulher mais linda desse mundo e eu dormi que nem uma pedra com essa perfeição do meu lado. – pulei no colo dele entrelaçando minhas pernas eu sua cintura e ele me beijou e depois foi andando comigo até a cozinha me colocando em cima do balcão.

Joe: Quer o que de café da manhã¿

Demi: Hm... Panquecas!

Joe: Sabia!

Demi: Eu nunca vou me enjoar delas.

Joe: E não se preocupa que eu nunca vou me enjoar de fazê-las pra você.

(...)

Joe: Eu e Demi. – ele me olhou. – fizemos esse jantar, com todas essas pessoas porque nós temos que contar uma coisa pra vocês. – todos nos olhavam fixos e por incrível que pareça meu pai estava ali.

Joe: Bom, Patrick, eu Joe, quero pedir a mão de sua filha em casamento. – Vi os olhos do meu pai enxerem de água suficiente pra uma lágrima solitária escorrer.

Patrick: Cuida bem dela. – ele disse se levantando e dando um abraço em mim e em Joe.

Joe: A gente não pensa em se casar tão cedo, mas nós estamos oficialmente noivos. – ele disse me abraçando.

Eu vi sorrisos e lágrimas. Recebi os cumprimentos de todos, Tia Denise estava simplesmente radiante. Depois o jantar foi normal e tudo foi bem.

...

Demi off, Miley on.

Eu estava ansiosa pra voltar, pra rever meus amigos e pra esclarecer a minha situação com Nick. Um ano tinha se passado, mas ele não respondeu meus e-mails e não atendeu minha ligação. Eu nunca teria viajado se soubesse que teria que ser assim, mas eu estava muito confusa e quis ir com meu pai. A briga que eu e Nick tivemos me deixou horrível por uns 2 meses, mas se ele queria assim e não podia me entender eu não podia fazer mais nada. Eu passei meu aniversário longe dos meus amigos e só recebi um “Parabéns” de Nick, sendo que no aniversário dele eu mandei muitas coisas pra ele. Eu não sabia se a gente tava junto ou não e isso cortava meu coração. Desci do avião com meu pai e nós fomos direto pra casa, cheguei e mandei uma mensagem pra Demi que foi direto pra lá.

Demi: Como você está¿

Miley: Bem, senti sua falta. Onde Sel está que não vai poder vir¿

Demi: Ela foi pra NY, volta domingo.

Miley: Hum...

Demi: Miley, você tem que conversar com o Nick.

Miley: Mas ele...

Demi: Ele está querendo fingir que ta tudo bem, mas foi mais de uma vez que ele veio conversar comigo e chorou.

Miley: Ele não me responde.

Demi: Mas cara a cara ele não vai ter como fugir. Pensa pelo lado dele, você saiu tão de repente, por um ano, é muita coisa.

Miley: Eu sei, mas eu estava muito esgotada com tudo e não queria ficar um ano sozinha aqui, sem meu pai.

Demi: Você não estava errada. Mas ele te ama e você o ama, vocês tem que se acertar.

Miley: Eu não quero estar no mesmo lugar que ele, meu estomago começa a embrulhar e eu me arrepio em me lembrar dele.

Demi: É claro que isso acontece.

Miley: O que eu faço¿ - meus olhos marejaram.

Demi: Conversa com ele, é o melhor que os dois podem fazer, certo¿ - ela me abraçou. – Você quer que eu fale com ele pra ele vir aqui, ou quer ir pra casa da Tia Dê comigo, eu vou ter que ir lá mesmo.

Miley: Tudo bem, eu só vou tomar um banho pra relaxar e me trocar, me espera¿

Demi: Claro.

Fui até o banheiro, me despi e deixei a água cair sobre meu corpo, foi inevitável, eu estava esgotada e preocupada eu chorei até meus olhos ficarem inchados e vermelhos. Eu queria o Nick pra mim, queria abraçar Selena, queria rever todo mundo. Queria que as coisas se ajeitassem.
Saí do banho e Demi estava deitada na cama me esperando, ela me encarou e pude ver a cara de piedade que fez pra mim.

Demi: Hey, vai ficar tudo bem. – ela disse me abraçando e me colocando deitada com a cabeça no colo dela que estava sentada na cama.

Miley: Eu não achei que fosse ser tão mal assim, mas eu estava com o cabeça quente e brigar com Nick antes de sair, só piorou a situação. – ela acariciava meus longos cabelos molhados.

Demi: Senta aqui e olha pra mim. – o fiz. – Vai dar tudo certo, vocês vão conversar e se não der certo hoje a poeira vai baixar e vocês vão se resolver. Lava esse rosto e troca de roupa, eu tenho certeza que você está louca pra olhar nos olhos dele.

Miley: Ele estava tão nervoso, eu nunca vi Nick daquele jeito Demi. – ela me abraçou.

Demi: Deita aí que eu escolho uma roupa pra você.

Ela ficou escolhendo uma roupa pra mim e eu coloquei o que ela me deu.

Demi: Vamos¿

Miley: Sim. – Nós descemos, eu avisei pra meu pai onde estava indo e nós saímos. Fomos no carro dela.

Quando chegamos, eu respirei fundo e pelo retrovisor do carro pude ver que estava com os olhos vermelhos e inchados e o nariz vermelho, a cara amassada, o cabelo molhado e com a cara emburrada. Estava na cara que eu tinha chorado. Demi pegou na minha mão e beijou, depois entramos.

Joe: Hey! – Demi o beijou. – olha quem resolveu aparecer. – ele me abraçou.

Miley: Senti sua falta. – disse com a voz trêmula.

Joe: Isso tudo era saudade de mim¿

Miley: O Nick ta aqui¿ - disse já chorando.

Joe: Ta lá em cima, não fica assim. – ele me abraçou de novo e enxugou minhas lágrimas.

Miley: Eu vou subir.

Subi as escadas e parei em frente a porta do quarto dele que estava quase fechada inteiramente. Olhei e vi que ele estava deitado, mas com os olhos abertos, então bati na porta.

Nick: Entra. – abri a porta e quando o encarei comecei a chorar mais do que já estava chorando.

Miley: Oi.

Nick: Miley¿ - eu chorava tanto.

Miley: Eu senti sua falta.

CONTINUA...

Heey! Eu demorei né? sorry... vida apertada rsrsrs tive que refazer dois trabalhos gigantes que eu perdi nas férias ~lerda~ bem, é isso! Espero que tenham gostado, eu amo vocês.

xoxo
Mah Jonas

domingo, 22 de julho de 2012

Capítulo 65




Bom, antes de tudo que quero escrever umas palavras aqui. Hoje, (pelo menos aqui no Brasil já, porque são mais que duas da manhã) uma pessoa muito especial faz 20 anos. Ela vai continuar sendo minha pequena, ela pode completar 80 anos que eu vou continuar a chamando de “my shorty” “my little lady” eu fico totalmente sem palavras pra expressar meu amor por ela. 


Ela é realmente especial, eu me lembro de há muitos anos atrás eu estar ansiosa pro lançamento do clipe de Naturally e hoje eu estou aqui ansiosa pra Spring Breakers, estou aqui tentando escrever “um parabéns” digno pra minha princesa, já que eu não posso estar com ela, abraçá-la e dizer à ela o quanto eu a amo e o quanto ela é especial. Selena Marie Gomez, aqui estão meus parabéns. I Love you, mamacita, so much, more than you could imagine. You’re my beauty Queen, your my example, my role model. Happy B-day! <3

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~


~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~



No capítulo anterior...

Joe: Demi, você é a mulher mais especial da minha vida, eu quero ter você do meu lado pra sempre.

Demi: Joe...

Joe: Eu não sei como fazer isso. – ele disse sorrindo, ela gargalhou.

****************************************

Demi: Eu não to entendendo nada. – ele ficou em pé e puxou Demi pra frente dele. Depois tirou uma caixinha de dentro do bolso e se ajoelhou na frente dela que em um ato compreensível derramou uma lágrima.

Joe: Demetria Devonne Lovato, aceita se casar comigo, ser minha noiva daqui pra frente¿

Ela pulou por cima dele que caiu deitado na grama verde da serra e o beijou intensamente.

Demi: Sim! Sim! Sim! Sim! – disse dando beijinhos sobre todo o rosto de Joe.

Ele a colocou sobre seu colo ficando sentado ali mesmo, pegou a aliança de noivado e colocou do dedo delicado dela.

Joe: Senhora Jonas.

Demi: Senhorita, por favor. – ele riu.

Joe: Você é linda. – ele disse com os olhos marejados e ela abriu o enorme sorriso que tinha.

Demi: Hoje é o dia mais feliz da minha vida. – Joe sorriu. Demi entrelaçou seus braços no pescoço dele e o beijou.

Joe: Eu te amo. – Joe puxou Demi para um abraço.

Os pombinhos levantaram e entraram no carro. No caminho Joe pegou na mão da Demi que bocejava. Alguns minutos depois, Demi adormeceu.

...

Joe pegou Demi no colo que abriu os olhos.

Demi: Onde a gente ta¿

Joe: Na casa de praia.  – ela sorriu e acariciou o rosto dele. Demi desceu do colo de Joe.

Demi: Sentia falta daqui. – Joe pegou Demi no colo de novo e saiu correndo com ela pra dentro do mar, Demi ria e se segurava nele pra não cair. – Sentia falta disso também!

Joe: É, fazia um tempo que eu não te jogava na água. – ela sorriu e selou seus lábios aos de Joe.

Eles ficaram na água por bastante tempo.

Demi: Ui que frio.

Joe: Vem aqui vem. – ele disse abraçando ela e depois pegando na mão dela saindo do mar.

...

Autora off, Demi on.

Joe: Mulheres são muito frescas mesmo.

Demi: Joe você cuida mais do seu cabelo do que eu do meu, fica quietinho. Senta aí e deixa eu lavar.

Joe: É muito pequenininha né.

Demi: Anda Joseph. – disse dando uma tapinha no ombro dele e ele sentou no chão. Me ajoelhei e lavei o cabelo dele. – Tem areia no teu cabelo Joe.

Joe: Eu tava na praia¿

Demi: Hum, engraçadinho.

Joe: Pronto¿

Demi: Não, eu vou passar shampoo de novo!

Joe: Aiai...

Demi: Fica quieto e me obedece. – passei shampoo mais uma vez no cabelo dele e depois com muito custo ele deixou eu passar condicionador. – Pronto, agora teu cabelo ta limpinho viu¿

Joe: Hum... Brigada senhorita cabeleireira. – ele disse fazendo graça. – Agora eu que vou lavar o seu cabelo!

Demi: Nem na bala!

Joe: Porque¿

Demi: Sério Joe¿

Joe: Aham, vira de costas que eu vou lavar. – ele colocou o shampoo na mão e foi passando no meu cabelo.

Demi: Você não ta fazendo isso direito. – disse rindo.

Joe: Sério que tem jeito certo de passar shampoo no cabelo Dem¿

Demi: Aham.

Joe: Assim ta bom¿

Demi: Tá...

Depois que ele finalmente conseguiu lavar o meu cabelo, nos abraçamos por debaixo da água quente do chuveiro e ficamos ali por um bom tempo, até Joe tapar o ralo da banheira e começar a tacar sais de banho e ligar a hidromassagem.

Ele pegou a espuma que tinha se formado e assoprou na minha cara. Demos gargalhadas.

Demi: Te odeio!

Joe: Não odeia não.

Demi: Odeio sim.

Joe: Não odeia não. – ele disse se aproximando de mim.

Demi: Odeio sim.

Joe: Ah odeia¿ - ele disse encostando nossos lábios.

Demi: Jogo sujo! – ele riu.

Depois de muito tempo ali, Joe se levantou e se enrolou no roupão. Fiquei olhando pra ele.

Joe: Preguiçosa. – ele disse pegando um roupão e abrindo pra mim.

Demi: Mamãe! – disse me levantando e colocando o roupão.

Joe: Ta com fome¿

Demi: Aham.

Joe: Então vem trocar de roupa que a gente vai fazer pizza!

Demi: Eu ainda tenho roupa aqui¿

Joe: Acho que não. – ele disse abrindo uma gaveta e jogando uma camiseta em mim.

Demi: Tudo bem então. – disse rindo e colocando a camiseta gigante.

Joe: Já disse que voc...

Demi: Fica linda com essas minhas camisetas gigantes¿ Já!

Joe: Eu ia falar outra coisa mas isso serve!

Demi: Bobinho. – ele colocou uma bermuda e ficou sem camiseta ~suspiros~.

Joe: Vamos descer¿ - ele me abraçou de lado.

Demi: Sim.

...

Joe: Palhaçinha. – ele passou molho no meu nariz.

Demi: Você me paga Joseph!

Joe: Fico impressionado com sua habilidade pra cozinhar Demi.

Demi: O que¿ Eu não to fazendo direito¿

Joe: É assim ó. – ele disse todo metido jogando a massa da pizza pra cima.

Demi: Você devia ser cozinheiro.

Joe: E você não.

Demi: Fica quietinho. Eu vou partir o tomate!

Joe: Não senhora!

Demi: Até hoje¿

Joe: Não to com medo de você se cortar de novo, to com medo é de você detonar o tomate! Vai ralar o queijo.

Demi: Você é delicado hein.

...

Demi: Ficou bom.

Joe: Bom trabalho pequena. – ele disse levantando a mão pra eu bater. – Agora vem aqui me dar um beijo.

Me sentei no colo dele no sofá e o beijei.

Demi: Você é perfeito.

Joe: Você me faz assim.

Ficamos um encarando o outro por muito tempo e depois ele me abraçou.

Joe: Deita aqui comigo. – ele disse me puxando pra deitar com ele.

Ficamos ali até ambos pegarmos no sono, enquanto Joe brincava com meu cabelo.

CONTINUA...

Hey minhas lindas! Senti falta de vocês, bom minha semana foi ótima e eu cheguei em casa tinha um "Em chamas" e um "A Esperança" em cima da minha cama ~pirei~ mas eu ainda não consegui ler. Eu cheguei hoje, desmontei a mala, tomei banho, fui arrumar unha, voltei, toquei piano, saí com a minha mãe, fui na minha avó, voltei pra casa, entrei nos sites da Demi, dos Jonas, da Sel, da Miley, etc. pra me atualizar, baixei o 6º ep. de PLL, chorei porque vi o Nick e a Demi juntos no palco, entrei nos blogs que eu leio pra ver se eu estava muito atrasada, entrei no twitter, comi, esperei dar meia noite, mandei parabéns pra Sel, sofri porque hoje completam 4 meses que eu vi a Demi (nessa hora que tava quase levantando pra ir pra fila do show kk) aí eu assisti meu episódio de PLL ~que foi incrível, morri~ e agora estou aqui dando explicações de porque eu só postei agora! rsrsr eu como sempre, amei os comentário e ah... não se esqueçam de assistir o Teen Choice, acho que o Red Carpet começa às sete, a D, vai ser apresentadora esse ano e a Smiley, a Sel e a própria Demi estão concorrendo em algumas categorias! Não percam rsrsrs Nossa, falei demais O.O é isso, gostaram do cap? Comentem e me digam =)

Stay Strong
Love,
Mah Jonas

segunda-feira, 16 de julho de 2012

Capítulo 64


divulgando...
entrem aqui ~~> igottafindyouanywhere.blogspot.com sigam, leiam e comentem porque o blog está lindo!!
xoxo



No capítulo anterior...

Nick: Pois é, mas agora vai todo mundo ficar tranquilo, eu espero. – ela sorriu fraco. – Miley¿

Miley: O que¿

Nick: O que ta acontecendo¿

*********************************

Miley: Meu pai vai viajar por um ano.

Nick: E...

Miley: E eu não sei se eu vou com ele. – a fiquei encarando. – Não faz isso comigo¿

Nick: Pera aí, não faz você isso comigo.

Miley: Nick eu ainda não decidi nada.

Nick: Miley você está pensando em ir¿

Miley: Eu não sei, ta tudo tão difícil aqui.

Nick: Eu não to achando nada difícil.

Miley: Olha, eu não decidi nada. Não vamos falar disso agora porque a minha cabeça já está explodindo.

Nick: Não me deixa mais uma vez. – ela levantou pegou na minha mão e me puxou pra sentar no sofá.

Miley: Nick, olha pra mim. Eu não disse que vou te deixar. Eu to pensando na viajem, só isso...

Nick: E se você for viajar, como eu fico¿

Miley: Nick eu não sei. – fiquei a encarando mais uma vez. – Esquece isso agora, deixa o tempo passar e as coisas vão acontecendo, ta¿ - assenti e depois a beijei.

Nick: Miley¿

Miley: O que¿

Nick: Você comeu¿

Miley: Mais um!

Nick: Você tem que comer Miley.

Miley: Gente! Eu como.

Nick: O que você comeu depois do almoço¿ - silêncio. Puxei ela pra cozinha e fiz um sanduiche. – Eu não quero ninguém sem comer.

Miley: Eu como sempre que tenho fome.

Nick: Então pode dar um jeito de ter mais fome.

Miley: Você quer que eu fique gorda¿ - ri. – o que¿

Nick: Você¿ Gorda¿ Ai Miley para com isso, ninguém vai ficar gordo se comer de tarde.

Miley: Você fala isso porque é todo magro.

Nick: Ah sou¿

Miley: Você é perfeito. – ela disse vindo até mim e sentando no meu colo.

Nick: Você também, e pode comer tudo.

Miley: Nick, eu já comi quase tudo, é sério, eu não to com fome.

Nick: Tudo bem.

Miley: Vamos dormir¿

Nick: Você fica linda depois que chora.

Miley: Nick!

Nick: Eu to falando sério.

Miley: Idiota! Vem. – ela foi subindo e eu fui atrás.

Depois deitamos e pegamos no sono rápido.

Miley off, Selena on.

“Você pensa que se livrou de mim.. Mas está muito enganada, agora as lágrimas de alívio se transformam em lágrimas de apavoro, não¿” – Depois que li aquilo me sentei na cama e em um gesto involuntário levei minha mão a boca. Esse foi o tempo suficiente pra eu conseguir processar a informação e começar a chorar desesperada. Meu coração apertou e a mesma pergunta veio a minha mente “quem me odeia tanto a ponto de me querer morta¿” Me deitei e abracei minhas pernas com os braços ali na cama.

...

A última vez que olhei no relógio eram 2 horas da manhã, faz um tempo já, mas tenho medo bastante para não querer abrir o olho e checar as horas já que sei que não vou dormir de todo jeito.

...

Assim que pude perceber luz passando pela pequena greta formada pela cortina me levantei e senti a fincada forte na cabeça que já sentia há dias. Fui até o banheiro e passei de leve a mão sobre os machucados que tinha no corpo. Tirei toda a minha roupa e entrei na banheira tentando relaxar um pouco. Lavei meu corpo e depois me deitei, fechando os olhos e sentindo-os arder com lágrimas de dor escorrendo. Depois de um tempo ali, levantei e me troquei. Desci para comer alguma coisa, mas não tinha fome e só bebi água. Subi novamente para meu quarto e meu celular vibrou.

#SMS#

“Conte para Miley sobre Nick ou eu mesmo posso fazer isso.”

#SMS#

(...)

Selena: Eu preciso te contar uma coisa.

Miley: Tudo bem Sel, porque está tão nervosa¿

Selena: Só fica sabendo que isso foi há muito tempo atrás e não teve nada a ver.

Miley: Selena eu estou nervosa.

Selena: Eu e Nick nos beijamos na sexta série. Na verdade não foi um beijo, foi um selinho. E foi porque a gente tava brincando de verdade ou consequência e fomos obrigados e não teve nenhum sentimento. – eu dizia já chorando. Eu estava totalmente esgotada e não queria discutir com ela.

Miley: Selena¿

Selena: Oi.

Miley: Porque você ta chorando¿ - ela disse e me abraçou.

Selena: Me desculpa.

Miley: Hey, olha pra mim Sel. – o fiz. – Te desculpar de que¿

Selena: De ter feito isso.

Miley: Sel como assim¿ Eu nem conhecia o Nick nessa época, vocês eram crianças. Eu não te desculpo porque não há nada pra se desculpar aqui, eu é quem tem que se desculpar por ter feito você ficar aflita com isso durante tanto tempo.

Selena: Desculpa não contar antes. – disse enquanto ela secava minhas lágrimas.

Miley: Tudo bem, vamos esquecer isso, ok¿ Vem aqui. – ela disse me puxando pra um abraço.

Selena: Eu te amo ta¿

Miley: Eu também sua boba.

(...)

“Eu tenho fotos daquela festa que você foi quando conheceu Miley... Parece-me que não era pra isso acontecer. Quebre o coração de Gregg ou sua mentirinha será revelada.”

(...)

“Tenho arquivos de suas faltas do Ballet. Sua mãe disse que confia tanto em você, que você não mente. Como ela reagiria sabendo que você violou seu boletim¿ Evite encontrar com seus amiguinhos, ou sua mãe pode descobrir.”

(...)

Abri a gaveta do banheiro e vi uma caixinha com um cartão.

“Lembra de como isso ameniza a dor¿” – Abri a caixinha e vi uma lâmina, dentro da caixa escrito “porque não tenta¿”

Peguei aquilo com raiva e joguei no lixo. To cansada disso. Peguei uma folha de meu caderno e escrevi “o que você quer¿” colei em minha janela. Depois de um tempo recebi uma mensagem.

“Você”

Era definitivo, a pessoa estava me vigiando e foi burro o bastante de escrever todas as mensagens no masculino. Peguei outra folha e colei, estava escrito “Robbie¿” E não fui respondida. Eu já estava isolada de meus amigos, tinha quebrado o coração de Gregg, brigado com Demi, mas eu já sabia quem estava fazendo tudo. Só não sei como ele teve coragem de mandar colocar fogo na minha casa.

                                       [...]

Autora: 1 ano depois. Demi, Selena, Miley, Ashley: 19. Nick, Tiffany: 20. Joe, Dani: 21. Kevin: 24. Bella: 2.

Autora on.

Eles estavam no topo de uma serra, dava pra ver a grande Los Angeles inteira lá de cima. O casal se abraçava e ela matinha a coberta sobre as costas, já que ventava muito. Tinham nuvens que eles quase alcançavam e Joe pegou na mão de Demi.

Demi: Isso aqui é lindo. – ela dizia vendo o pôr do sol. – Porque você ta tremendo¿

Joe: Porque eu to prestes a tomar a decisão mais importante da minha vida. – ela sentiu o coração apertar. – Eu não sei como dizer isso. – eles diziam com os olhos colados uns nos outros.

Demi: Joe...

Joe: Não fala nada. Me deixa falar. – ela assentiu. – Eu nunca falei isso pra ninguém antes, nunca fiz isso antes. Você sabe que eu te amo muito não sabe¿

Demi: Sim. – ela disse com a voz trêmula.

Joe: E que eu quero passar o resto da minha vida com você. – ele disse acariciando o rosto delicado dela. Ela assentiu.

Joe: Demi, você é a mulher mais especial da minha vida, eu quero ter você do meu lado pra sempre.

Demi: Joe...

Joe: Eu não sei como fazer isso. 

CONTINUA...

Hey, eu postei um capítulo BIG, porque vou ficar uma semana sem postar! É... eu e as besties vamos pra fazenda da Clara ficar uma semana lá sozinhas fazendo fogueira, etc. bagunças nossas... e por isso postei um capítulo beem grandão pra vocês! E assim que eu voltar eu faço o especial de 50.000 visualizações!! Espero que tenham gostado do capítulo... beem, é isso! Love ya, will miss u =(

xoxo,
Love,
Mah Jonas