quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Heey







Heey minhas divas leitoras!

Gente eu sei que nos últimos tempos eu não estou sendo uma “blogueira” muito exemplar. Sorry mesmo galera! A minha escola está mesmo apertada. Ontem eu saí de casa pra fazer trabalho uma hora da tarde e voltei 22:30 da casa do meu colega. Sério eu não estou mentindo a gente tem muita coisa. Mas sempre que eu tenho tempo eu entro pra falar com vocês.

Vou dar uma descontraída no ambiente... Sabem quando passou o VMA?? Então, a burra aqui acho que tinha MTV na Sky ainda... mas não. Então eu não conseguir ver no dia, aí eu fiquei muito estressada e acordei as 3 da manhã aí eu olhei no celular e tinha uma mensagem da louca da Juliana assim “PRECISO FALAR COM VOCÊ URGENTEMENTE”  okay, eu quase não dormi de preocupação, mas eu acabei dormindo e de manhã quando eu acordei tinha outra mensagem assim “OMG VOCÊ JÁ VIU A FOTO DE JEMI?”  aí eu fiquei WHAT?? Eles tiraram fotos?? E fui pra escola aí quando eu vi a Lu a gente já se olhou e foi correndo aí eu desesperada, contando pra ela e ele me mostrou a foto no celular! Eu, muito diva, joguei o celular dela pra cima e comecei a tremer kkk. Mas o problema é que o celular dela não é um simples celular... É UM IPHONE! YEAH I’M CRAZY. JOGUEI O IPHONE NOVINHO DA MINHA BESTY PRA CIMA... mas deu tudo certo, não se preocupem!!

Enfim gente... é isso! BeiJEMI ta explicada a demora : ))

sábado, 27 de agosto de 2011

Capítulo 63 - DEDICADO A BRUNAA *-*

Capítulo 63

No capítulo anterior:



Nick: Sim, mas a gente não ta fazendo nada de errado. Relaxa Miley. – ele diz me derrubando no sofá e me beijando. Eu cedi o beijo, não resistia. Ele estava me abraçando forte e eu fazia o mesmo, nossos corpos estavam colados e eu me sentia toda arrepiada.

Até que alguém entra pela porta gritando.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

XxX: NICHOLAS! ONDE ESTÁ A AGENDA DA MAMÃE? EU VIM BUSCAR!

Nick se assusta e se separa do nosso beijo. O sofá onde estávamos era de costas para a porta de entrada então a pessoa não havia visto a gente ainda. Eu e Nick olhamos por cima das almofadas pra averiguar quem era. Nick se levantou correndo

Nick: Joseph o que você faz aqui cara? – Nick disse levantado e indo xingar o irmão. Joe com os olhos arregalados olhando para mim e para Nick, sem entender nada.

Eu me levanto daquele sofá toda sem graça.

Miley: Joe, OI! – eu digo quase morrendo de vergonha, o que ele estaria pensando. Eu e Nick deitados no sofá, sozinhos em casa. Ain Deus eu estou perdida.

Joe: Oi gente, me desculpa, não queria atrapalhar nada, eu...

Miley: Não atrapalhou nada, a gente não estava fazendo nada. -eu dou uma cotovelada em Nick.

Nick: É Joe, não atrapalhou NADA – ele diz em tom irônico.

Joe: Bom eu... ér...

Miley: Nick, explica garoto... Vai! Eu disse que ia acontecer, Oh my God!

Nick: Joe, não esta acontecendo nada!

Miley: Isso mesmo, nada de que você esta pensando, okay?

Joe: Sei sim, sei... – diz Joe sem jeito. Ele sobe as escadas correndo e desce em segundo com a agenda nas mãos.

Joe: Gente, me desculpa de novo e ... Parabéns cara. Cuida dela! (risos)

Ele bate a porta e vai embora em seu carro. Eu e Nick nos entreolhamos e caímos na gargalhada.

Miley: Isso não tem graça, ele pode ter pensado outras coisas menino. – eu lhe dou alguns tapas.

Nick: Au Miley, isso dói.

Miley: Sério? Sorry! – eu faço biquinho.

Ele me abraça e a gente volta pro sofá, rs. Ligamos a TV e assistimos um pouco. Ele começa a espirrar.

Miley: Aw, meu bebê! Vai ficar gripado? É melhor você subir e tomar um banho quente. Eu te espero aqui.

Nick: Tudo bem, obrigada. – ele foi subindo quando eu o chamo.

Miley: Nick... te amo! – ele volta e me da um beijo.

Logo depois que ele subiu eu subi e vou ate o quarto de Demi. Eu ainda não tinha visto e tinha ficado tudo muito perfeito, essa minha Best é demais! Sentei em sua cadeira ROSA e fiquei esperando por Nick. Até que Demi entra pela porta e se assusta MUITO ao me ver.

Demi: MILEY?

Miley: Oi diva, nossa eu sou tão feia pra você se assustar assim?

Demi:  Que isso amiga. Só não esperava sua visita (risos).- ela me da beijinhos no rosto.

Miley: Bom, sorry Dem’s mas... não estou aqui pra te visitar... ~ri~

Demi: Hum, então esta aqui pra ver o Nick? (risos) – diz Demi fazendo piada, sem saber de nada.

Miley: Aham!

Demi: Como AHAM? What? To confusa, espera. Respira... Isso, agora explica amiga!

Nesse momento Nick abre a porta do quarto, com a toalha enrolada na cintura, com o cabelo molhado, O-M-G!

Nick: Oi linda, oi Demizinha!

Demi: Gente, eu to confusa. Me explica!

Miley: Bom, eu e o Nick.. Nós...

Demi: Espera aí ... AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH! OH MY GOD! NÃO ACREDITO NISSO! OOOOOOOWNT .

Nick: Acredite (risos) – ele me beija, todo molhado, lindo demais!

Demi: Hunf! Gente, na minha frente não. – diz Demi tapando os olhos com a mão. – Parem com isso, agora.

Miley: (risos) Okay, paramos amiga! Mas e aí o que achou? Eu já ia te contar.

Demi: Nossa, SO CUTIE! Lindos vocês, muito. E depois você me conta detalhado. E ... Nicholas, vai se trocar garoto, olha os modos. Todo molhado aqui no meu quarto, e a Miley aqui, que absurdo.

Nick: (risos) Ai ai Dem’s. – ele me da um selinho, Demi tapa seus olhos novamente e ele vai se trocar.

Demi tranca a porta de seu quarto, me da uma olhada, segura em minha mãe e ... somos meninas e pensamos igual.

Demi/Miley: AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH!

Demi: AMIGA, NEM ACREDITO.

Miley: NEM EU DEMI, JURO, FOI MUITO DE SURPRESA.

Ficamos gritando até que percebemos que era conveniente parar. Deitamos as duas na cama dela e ficamos conversando e rindo muito.

Demi: Miley, hoje você iria se encontrar com o tal admirador, o cara dos sonhos. E agora me aparece com o Nick, ta louca garota? Mas se bem que o Nick é melhor que qualquer um, menos que o Joe, mas o admirador não seria ele... – eu interrompo ela..

Miley: Besty, me deixa falar ~ ri ~ ! Eu me encontrei com o admirador.

Demi: Hãn?

Miley:Demi, você é muito lenta. Nicholas Jonas é a mesma pessoa que me beijou na festa da Chel, a mesma pessoa que me mandou quinhentos bilhetes em anônimo, a mesma pessoa que me fez apaixonar sem nenhuma pista de quem seria. É ele!

Demi: Selena precisa saber disso. AH! Eu conto.

Miley: Não eu conto. – nós ficamos brigando com o celular na mão, pra ver quem ligava. Até que minutos depois entramos em acordo. Colocamos no viva voz e contamos juntas. Ela surtou, muito. E Demi a chamou pra dormir lá,  me chamou também, mas eu tinha que ver. Teria de enganar meu pai outra vez, não era o que eu queria. Mas tinha que resolver isso depois.

Depois que ligamos para Selena me lembrei de que Nick me esperava lá em baixo. Desci correndo e o encontrei na cozinha tomando café.

Nick: Oi princesa. – ele disse me dando um selinho.

Miley: Sorry pela demora.

Nick: Uma pergunta: porque vocês, garotas, gritam tanto?

Miley: Hum, grande mistério, nem eu sei . (risos)

Selena chega com um filme na mão, com uma mochila enorme nas costas e com uma câmera fotográfica na mão também.

Selena: OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOH, ENCONTREI O CASAL LOGO NA ENTRADA DA CASA. VAI CASAL, VOCÊS PRECISAM DE UMA FOTO. NA VERDADE EU PRECISO, MAS SE FOR PRECISO EU REVELO UMA PRA VOCÊS TAMBÉM.VAI GENTE, BEIJA!

Nick: Selena louca, tudo bem?

Sel: Sim! – ela nos abraça! - Ownt, vocês são fofos. – ela diz e sai correndo ate o quarto de Demi!

Depois de segundos escutamos gritos. Era as duas comemorando! Será? Claro que sim, rs!

Miley off, Selena on

Cheguei no quarto e encontrei Demi deitada no chão.

Selena: Demi, você tá pensando o mesmo que eu?

Demi: Aham – ela me olha com aquela carinha fofa.

Sel/Demi: AAAAAAAAAAAAAAAAAAAH! OH MY GOD!

Demi: VOCÊ VIU COMO O NICKITO É FOFO COM ELA?

Sel: SIM, AIN A MILEY TEM MUITA SORTE!

Demi: M-U-I-T-A .

Caímos na gargalhada, subimos na cama e ficamos olhando uma pra cara da outra.

Demi: Sem assunto. – ela disse isso apertando minha bochecha.

Sel: Aham! OMG, idéias!

Demi: Diz Selly! Sua idéia fabulosa, vai!

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
AAAH, DESCULPEM PELA DEMORA! MAS ESTÁ AI O CAPÍTULO, PERFEITO NÃO? AAAH, JOE, QUER MORRER? OWNT, QUE LINDOS, MEUS NILEY! ESPEREI TANTO PRA POSTAR ESSE MOMENTO PERFEITO... DAQUI PRA FRENTE VAI SER SÓ AMOR, SERÁ? OMJ, ESPEREM... MUAHAHAHA!!

PS: MACKENZIE, ME DESCULPA BABY? É A LUH QUE TA POSTANDO. ESSE E O ÚLTIMO CAPÍTULO... A LOUCA DA SUA AMIGA NÃO ME AVISOU QUE ERA PRA SER DEDICADO A VOCÊ. SIM, ELA FALA DE VOCÊ E DE SUA VOZ LINDA A TODO MOMENTO, MAS DO CAPÍTULO DEDICADO NÃO, HUUNF... MAS TÁ AI! ESPERO QUE GOSTE AMOR... SORRY AGAIN (:
Comentem, amo muito todas as minhas leitoras!

BeiJEMII (:

terça-feira, 23 de agosto de 2011

Capítulo 62 (BIG) + Desculpas!!


Capítulo 62


No capítulo anterior:
 Ele desatou os nós suavemente e a venda caiu no chão. Eu estava de olhos fechado e quando eu abri. Eu o vi
  

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~


Nick: Oi, princesa.

A única coisa que consegui fazer foi abraçá-lo. Eu o abracei muito forte. Parecia que eu sabia que era ele desde o início, porque eu sabia que não o tinha tirado do meu coração. Senti seu cheiro, o mesmo cheiro da blusa e sim, é claro. O mesmo cheiro do beijo. Como eu não tinha percebido? Eu sabia que naquela blusa tinha alguma coisa.

Ele me pegou no colo e me rodou. Eu olhei dentro dos olhos dele.

Nick: Eu te amo.

Nessa hora tudo ficou bem. Minha vida fazia sentido. Eu o tinha do meu lado, aqui, pra mim.

Miley: EU TE AMO, MUITO!

Nós nos beijamos. Foi o melhor beijo. Era beijo perfeito, com a pessoa perfeita, no lugar perfeito, na hora perfeita. Ele me pressionava contra seu corpo muito forte. Foi um beijo que nós dois estávamos esperando por muito tempo, então não poderia ser melhor. Eu o abraçava e acariciava seu cabelo, enquanto ele me pressionava, com as mãos em minha cintura. Me sentia desejada, como no ultimo beijo, e aquele perfume... Omg, me fazia delirar. Não conseguir se que abrir meus olhos, estava em um sonho. 
Ficamos nos beijando por, eu acho, 10 minutos, ate que perdemos a respiração. Nos separamos, ofegantes. Eu sentei em um banco próximo, estava praticamente sem forças, pernas bambas, coração muito acelerado. 
O melhor tempo que já havia passado na minha vida.

Miley off, Nick on.

Eu tinha conseguido. Naquele momento, vi que se o coração está procurando um lar, você consegue encontrar. Eu procurei por um alguém, mas sabia que não conseguiria sozinho. Vi, que nem os sonhos tomam o lugar do amor. E que há mais de mil razões para provar que isso é verdade. Quando ela me olhou nos olhos e disse “ eu te amo, muito” tudo ficou bem. Eu a tinha aqui, do meu lado. Quando ela me olhou nos olhos eu vi um pedaço do céu. Encontrei meu paraíso. Esse momento era perfeito, porque eu não conseguiria ficar mais um dia sem a companhia dela. Ela era a luz que fazia a minha escuridão desaparecer!

Depois daquele beijo, estávamos ambos ofegantes, segurei em sua mão.

Nick off, Miley on.

Ele pegou em minha mão e beijou minha testa.

Nick: Vem comigo.

Eu não sabia para onde ele estava me levando. Nós estávamos, no lugar mais bonito que eu já tinha visto na minha vida. Era cheio de plantas. Nós fomos caminhando e chegamos em uma cachoeira com águas cristalinas. Eu comecei a chorar. Eu estava muito feliz. Ele viu minha lágrimas caindo e enxugou uma com sua mão. Se virou para mim e me deu outro beijo. Quanto mais ele me beijava, mais eu gostava de seu beijo. Ele me pegou e me girou no ar. O lugar era mesmo perfeito. Ele sabia deixar uma garota impressionada. E como.



Demos as mãos novamente e ficamos passeando. Passamos por lugares incríveis. E a cada segundo ele se virava e me dava um beijo, aqueles beijos de me deixar sem ar. Não sei como conseguia sobreviver sem ele.





Assentamos em uma pedra, colocamos os pés na água e ficamos conversando.

Nick: Surpresa?

Miley: Não, eu já sabia dês do começo...

Nick: Sim, sei... espertinha. – ele disse, me dando um selinho.

Miley: Nick, porque você fez tudo isso?

Nick: Olha, foi muito difícil brigar com você. Sei que te fiz sofrer muito, mas não aguentava mais seu pai me proibindo de te ver, não vou ficar relembrando esse assunto. E eu sabia que você estava com raiva de mim e não iria mais falar comigo. Mas sempre soube que não podia viver sem você, então tentei me aproximar de você como se eu fosse outro. 

Miley: Eu me senti tão insegura com todos aqueles bilhetes. Sério, eu cheguei a me sentir usada, sei lá, achei que fosse uma brincadeira. – eu disse abraçando ele forte.

Ficamos ali abraçados um tempo.

Nick: Miley, espera. Eu não pensei em nada pra depois desse encontro. Tipo, seu pai ainda vai me rejeitar e não vai dar nada cert... – eu o interrompe, colocando o dedo em sua boca.

Miley: Psiu... – deixo uma lágrima rolar sobre meu rosto. – Me beija?

Nick: É claro princesa. – ele diz colocando minha franja pra trás da orelha e acariciando meu rosto. – Te beijo até quando você quiser. E sem reclamar.

Miley: Eu quero pra sempre ... – ele me interrompe selando nossos lábios. Foi um beijo lento, molhado e ele segura meu rosto com as duas mãos, como se nunca fosse soltar. Eu o abraçava. Abri meus olhos e vi os dele fechados, porem uma lágrima caia sobre seu rosto perfeito. Eu enxuguei aquela lágrima, fechei lentamente os olhos e ele abaixou sua mãos me puxando,  até que caí deitada sobre ele. Estávamos os dois deitados na grama, nos beijando, como em filme mesmo. Ele, sem sair do meu abraço, me virou e me pressionou contra o chão. Parou de me beijar, olho pra mim com a respiração ofegante e riu.

Nick: Quer nadar?  

Miley: Mas nem sonhando Nicholas, está frio seu maluco. – ele segurava meus punhos fortes sem me deixar sair, eu tentava mas foi uma tentativa sem resultado. Claro Miley, tentar lutar contra um homem daquele, com aquele tamanho de braço, dãn!

Nick: Não vai sair daqui até que me de um beijo.

Miley: Não vou te beijar Nicholas. – eu disse mordendo meus lábios, fazendo charminho.

Ele reconheceu que era um charme, mas é claro né. Se não fosse isso eu estaria doida, recusar um beijo desse Deus? Nunca! Nick me beijou, eu virei o rosto mas ele insistiu e em segundos cedi ao beijo. Não conseguia, era demais pra mim. OMG, como ele poderia ser tão perfeito assim.

Ficamos nos beijando por minutos. Até que ele vira e se deita ao meu lado. Segura minha mão com uma das suas, e com a outra acaricia meu rosto. Ele se vira e sussurra no pé de meu ouvido.

Nick: ~ sussurrando ~ Te amo!

Miley: Eu amo mais! – eu digo me levantando e assentando na beira da cachoeira. Ele vai atrás de mim e se senta ao meu lado.

Nick: Nada disso. – ele disse jogando água em mim.

Miley: Bobo.

Eu o empurrei de roupa dentro do rio. Ele ficou mais lindo que antes.



Miley: (risos) Você tá lindo molhado! (CONCORDO MILEY, AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH!)

Nick: MILEY, VOLTA AQUI. – ele diz saindo da cachoeira e correndo atrás de mim. Eu corro dele, mas mais uma vez não consigo ganhar. Ele me pega por trás e me aperta forte. Ficamos abraçados e rindo ate que ele me joga dentro do rio e pula atrás. Ficamos nadando de roupa. Ele me beijava sem parar, eu nunca me cansava!

Foi quando Nick saiu da água, foi até uma mochila que ele tinha levado e pegou uma corda. Amarrou em uma árvore.

Nick: Experimenta.

Miely: Ai Nick, não sei se é uma boa ideia.

Nick: Confia em mim?

Quando ele disse isso, peguei na corda e me pendurei. Me joguei na água.

Miley: AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH!



Quando caí Nick veio nadando até mim. Me abraçou e me beijou.

Nick: Minha corajosa! (risos) – eu voltei a beijar ele.

Nunca tinha ficado tão feliz. Ele me fazia muito bem. Eu me esquecia de todos os problemas perto dele.

Miley: Mas tem uma coisa. Porque você não pulou da corda?

Nick: Ér... a toa.

Miley: Seu medroso. Pode ir.

Nick: Depois eu vou...

Miley: Não. Nada disso. Vai agora. (risos)

Ele foi. Estava morrendo de medo, RS. Coitadinho...

Quando caiu na água chegou perto de mim e me abraçou. Cochichou em meu ouvido

Nick: Por você eu faço qualquer coisa. 

Miley: Ownt, lindo! – eu lhe dei um selinho e fui mergulhando até uma parte mais funda da cachoeira. Onde meu pé não alcançava o chão e eu tinha de ficar nadando. Olhei para trás e não o vi, o procurei e nada. Quando sinto alguém puxando meu pé. Eu mergulhei e lá estava ele.

Ele me abraçou e me deu um beijo (quantos beijos casal, OMG, que inveja Miley)! Foi um beijo literalmente MOLHADO, diferente mas interessante, rs’.

Miley: (risos) Você é louco. – eu disse o abraçando.

Fomos nadando até mais longe. Até que estava cansada.

Miley: Ain Nick, eu to cansada, me carrega.

Nick: Folgada. – ele me joga água.

Miley: Tudo bem, se é assim eu morro afogada. – eu disse me deixando afundar, brincando com ele.

Ele na hora mergulhou, me levou ate a superfície. Eu me fingindo de desacordada e afogada.

Nick: ~ ri ~  Coitada, tá afogada, precisa de uma respiração boca a boca! -  eu ri disfarçadamente.

Ele me carrega ate a beira, me coloca deitada na grama, se senta ao meu lado e me beija.

Miley: Obrigada por me salvar, te amo.

Nick: Não imagina quanto te amo também. – eu dou um sorriso tímido e ele ajeita meu cabelo, todo molhado. Sabe, nem estava importando com isso no momento. Estava tudo muito perfeito!

Ele me puxou até uma parte mais alta. Dava em uma paisagem linda. Eu fiquei olhando e pensando como tudo estava acontecendo loucamente rápido na minha vida. Ele me enrola em uma toalha e me abraça por trás, me deixando toda arrepiada.

Nick: Vamos lanchar Miley!

Nos sentamos e ele, fofo, já havia planejado tudo. Havia arrumado um piquenique. Muito romântico! Lanchamos e depois ficamos ali um olhando pro outro por um bom tempo. Eu me deitei em sua perna e ele ficou passando a mão em meu rosto e dizendo o quanto eu era linda.

Miley: Você também, é lindo! – eu disse puxando seu rosto até mim e lhe dando um selinho demorado.

Nick: É muito lindo! – ele disse segurando no colar de minha mãe.

Miley: Sim, sei disso. – eu disse com a voz tremula. – e obrigada!

Nick: Que isso Miley? Parece triste, houve alguma coisa?

Miley: Está tudo bem. – eu disse levantando de seu colo e limpando algumas lágrimas. – São apenas lembranças de minha mãe.

Nick: Bom, sinto muito, eu ...

Miley: Tudo bem.. e... desculpa pedir de novo mas... me beija?

Ele apenas me beijou. E depois disso eu me sentia muito bem. Me fazia sentir segura, amada.

Eu sai correndo morro a baixo e ele ficou me olhando lá, sentado com um sorriso no rosto.

Miley: NÃO VAI VIR ME PEGAR NÃO PREGUIÇOSO?

Nick: É isso que você quer?

Miley: Bom, você pode ate tentar, mas não vai conseguir.

Ele desce correndo e me ataca, como ele era rápido, não tive tempo nem de pensar. Só sei que ele me derrubou, saiu correndo rindo de mim.

Miley: Você quer briga Nicholas. Aguarde.

Eu sai correndo atrás dele, e não conseguia mais correr, ele era rápido. Até que ele para e eu pulo nele, de cavalinho HAHA!

Miley: Você me fez cansar garoto.

Nick: Desculpa, não queria isso. (risos)

Miley: Hum Nick, eu to ficando com frio.

Nick: É melhor a gente tirar a roupa molhada. – ele disse tirando a camiseta, na minha frente! (OMG MILEY! AGARRA FILHA, TA ESPERANDO O QUE? Kkkkkkk)

Miley: B... bom.. ér...  – ele me abraça.

Nick: (risos) Fala Miley!

Miley: Nick, você não espera que eu tire a roupa molhada aqui assim, na sua frente. – eu faço cara ruim pra ele.

Nick: Vamos lá, eu estou esperando Miley. – eu olho bem pra cara dele e lhe dou uns tapinhas.

Nick: Tá bom, desculpa, eu já vou sair. – ele sai, eu me enrolo na toalha, tiro a blusa molhada e coloco uma batinha por cima. Pronta assim estava melhor.

Cheguei até onde Nick estava e o peguei rindo sozinho feito bobo.

Miley: Posso saber o motivo de tanta felicidades?

Nick: Pode sim. É Apenas de ter do meu lado. Poder te beijar quando quiser. Isso é tudo pra mim.

Miley: Ah, que bom. E você não quer me beijar agora não é Nicholas?

Nick: Claro que eu quero! (risos)

Nos beijamos, ele me abraça.

Nick: Nossa como você esta gelada. – ele pega a jaqueta dele e coloca sobre meus ombros.

Miley: Ownt, tanks.

Nick: Agora, eu não planejei nada ainda. Mas ta meio frio, a gente pode ir pra minha casa e ver o que a gente faz. Pode ser?

Miley: Pode sim.

Ele me leva até um carro. Abre porta pra mim e segue caminho. Paramos na frente de sua casa. E ela aparentava estar vazia.

Nick: Todos os JONAS fora Miley! – ele sorri pra mim e me abraça.

Miley: E o que isso quer dizer Nick? – ele abre a porta da casa e nós entramos.

Nick: Não quer dizer nada, apenas liberdade! – ele tira sua jaqueta e vem me beijando.

Miley: Não Nick – eu sai de seus braços- Eu não me sinto segura. Algum de seus irmão ou ate seus pais podem chegar e pensar coisas erradas de mim. Porque afinal nós nem estamos juntos, e eles não sabem de nada ainda.

Nick: Sim, mas a gente não ta fazendo nada de errado. Relaxa Miley. – ele diz me derrubando no sofá e me beijando. Eu cedi o beijo, não resistia. Ele estava me abraçando forte e eu fazia o mesmo, nossos corpos estavam colados e eu me sentia toda arrepiada.

Até que alguém entra pela porta gritando.


CONTINUA!  

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Mil desculpas a todas as leitoras. Estou com muitas provas e trabalhos de escola! Vou tenta postar mais vezes na semana, mas provavelmente não vou postar nesse final de semana! Sorry gente, mas o computador onde costumo postar está no concerto e estou tendo que recorrer a amigas, mas eu não posso deixar o blog por causa disso. Vou fazer o máximo pra não deixar vocês curiosas. Esse capítulo é um de meus preferidos e ficou GIGANTE! 

Espero que gostem amores *-*

Comentem, amo muito todas as minhas leitoras, obrigada por tudo!

Beijonas (: