terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Capítulo 20

Capítulo 20



No capítulo anterior...

Autora off, Selena on.

Eu estava no meu quarto, deitada, olhando pro e-mail de Miley, mas definitivamente, eu não enxergava nada. Minha vista estava totalmente embaçada, com lágrimas. Eu até hoje não conseguia acreditar no que tava acontecendo.

Meus pensamentos são cortados por minha mãe.

Mandy: FILHA, O GREGG TA AQUI, MANDEI ELE SUBIR.

*****************************

Fui no banheiro correndo e lavei o rosto, mas meus olhos continuaram inchados. Fechei meu notebook e esfreguei os olhos, na tentativa de tentar fazê-los ficar menos vermelhos, mas quando vi a cara de Gregg na hora que ele entrou, percebi que minha tentativa tinha sido fracassada.

Gregg: Selena, o que aconteceu?

Selena: Nada... ér... não é nada, eu só. – Ele veio até mim e me abraçou. Daí comecei a chorar em seu ombro e o abracei muito forte.

Ele separou o abraço. Segurou meu rosto com suas mãos e tentou me acalmar.

Gregg: Hey, não fica assim. Vem senta aqui. – Nós assentamos na minha cama e ficamos ali conversando. Era bom tê-lo de volta, depois de todo esse tempo afastada. Eu sabia que era impossível, mas eu tinha que tentar continuar minha vida sem Miley.

Selena off, Miley on.

A vida fora de Los Angeles ficava cada vez mais difícil. Eu não consegui me adaptar a escola nova, afinal, tinha mudado pra lá na reta final. Era horrível pensar em ficar sem meus amigos, era horrível estar sem eles, estar sem ninguém pra conversar. Eu não quis fazer amizade com ninguém, se eu não tinha Nick eu não tinha nada. Meus dias eram monótonos, sem graça e eu passava longas horas chorando. E para os que dizem que o tempo toma  conta da dor estão enganados, o tempo só me fazia perder mais as esperanças de reencontrar meus amigos. Sim, quando eu fizesse 18 anos eu seria independente, mas até lá eles já teriam se esquecido de mim... talvez não, mas eu sei que eles teriam seguido suas vidas e acostumado a viver sem mim ao lado deles. Mas isso é o que eu mais desejo pra eles, não quero que sintam dor por minha causa e quero que eles sigam adiante, coisa que eu nunca vou conseguir fazer! Era horrível ficar pensando assim, mas eu não conseguia desviar meus pensamentos disso, era a única coisa que se passava pela minha mente. Eu tinha vontade de morrer e confesso, que cheguei a pegar a faca umas duas ou três vezes pra poder passar em meu pulso e acabar com isso de uma vez, mas uma coisa me impedia de fazer isso e eu não conseguia seguir com esse ideia maluca na cabeça. Mas minha vida estava com certeza arruinada. Eu e meu pai não conversávamos mais. Ele me monitorava 24 horas por dia. Ele tinha descoberto tudo sobre Woodson e a única pessoa que me restava também teve que ir embora. Wood foi um ótimo amigo, com suas palhaçadas. Ele com certeza foi a pessoa que mais me ajudou nessa vida, um anjo! Eu sempre me perguntava o porque de minha vida nunca poder ser feliz. Quando pequena, perdi minha mãe, cresci sem ela, sem nenhuma mulher em que eu pudesse me espelhar. Ficava vendo meu pai chorar pelos cantos e o meu único refúgio foi... bem, depois disso encontrei pessoas maravilhosas, mas por causa de uma doença, que até hoje meu pai não aceita que tenho tive que me afastar delas. Quando encontrei Wood tudo se resolveu e eu pude encontrar com meus amigos e descobrir o melhor sentimento do mundo: amor! Mas depois de um tempo a pessoa que mais me fez feliz destruiu tudo. Talvez Nick não me amasse de verdade... e queria acabar com tudo de uma vez. Só sei que nos últimos momentos que o vi na minha frente, foram os piores da minha vida. Eu não suportava mais não ter os abraços da Demi e os conselhos da Selena. As risadas da Tizz, as palhaçadas de Joe e Kevin... Não aguentava viver sem a atrapalhada da Nicole e sem a meiguice da Chelsea. Não aguentava ficar sem a Tiffany que muitas vezes manteu os pés de todas nós no chão. Eles eram a minha família, mas eu, principalmente não aguentava ficar sem Nick. Sem seus beijos, seu seus abraços, sem seu carinho. Talvez eu vim pra terra pra não ser feliz, talvez essa seja a minha meta.

Nesse momento eu já chorava muito até que fui cortada de meus pensamentos.

Billy: Você ta atrasada pra escola. Se arruma rápido vai! E lava esse rosto, nenhum deles merece suas lágrimas!

Abaixei a cabeça. Queria tomar uma banho, mas não tinha tempo. Lavei meu rosto. Coloquei um jeans claro, meu coturno e um moletom. Nessa cidade que minha cabeça recusava lembrar o nome, sempre fazia frio, meu pai queria mesmo acabar com a minha vida. Coloquei um cachecol e fiz um rabo de cavalo. Eu não tinha motivos pra ser vaidosa mais. Era raro quando eu resolvia passar um rímel. A única coisa que não saia de meu rosto era meu gloss, que era uma boa tática de não deixar meus lábios machucados por causa do frio!

Desci as escadas daquela casa enorme e sem graça.

Billy: Toma café logo que Leonard vai te levar.

Miley: To sem fome. – Leonard era o segurança que ia comigo pra todo lugar eu nunca tinha trocado uma palavra com ele. Ele era um homem alto, com os cabelos pretos e cacheados. Ele tinha o olho verde e a pele bem clara. Como todos naquele lugar. A cidade devia ter uns 5.000 habitantes e a minha escola era horrível.

Fui pra escola pensando nisso. Cheguei lá e tive mais um dia horrível. Meu celular tinha rastreador e eu só podia usar o computador de meu pai, e era pra fazer trabalho. De meu divo notebook rosa eu nem sabia mais. A senha do computador de meu pai ele nunca me contava.

Eu tinha exame de matemática, que claro, eu sabia tudo, afinal era orbigada a estudar todos os dias. Depois disso a aula foi como sempre, fora a parte que caí quando fui levar minha prova até a mesa do professor e todos lá riram de mim, bom, pelo menos eu posso fazer alguém rir né....

Meu único refúgio era quando eu ia embora , pegava meu violão e cantava...

CONTINUA...

Floreeees, bem, tenho que admitir que chorei MUITO escrevendo essa parte da Miley, me senti um monstro! Se pudesse voltar atrás, não postaria isso, but anyway... rsrs' OMG, gente!! Estou prestes a postar uma coisa... PREPAREM-SE E NÃO ME MATEM! xo

Niley love Niley: Tadinha mesmo... : (((((( xoxo amo vc!!

Mackenzie: Você é muito chata... eu dedico e você ainda reclara rsrs' mas eu te amo! Eu pensei MUITO em Forks kkkkkkk não sei... coitados mesmo! Eu paro mesmo, tenho que prender minhas leitoras!! beijinhos com gliter!

Bruna: Também tenho saudades deles juntos... não só na fic ~cry~  O JOE NUNCA DEIXA A DEMI... AAAAAAAAAAAAAAH ~cry again~ rsrs' AMO VC, BEIJEMI *-*

Lívia Vasconcellos: PENIIIIINHA MESMOOOOOOOOOOO!! AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH rsrs' bjinhos amo vc, flor!!

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Capítulo 19

Capítulo 18

(FOTO NADA A VER COM O CAPÍTULO, MAS O WINGSTON ME SEDUZ MUITO, TIVE QUE COLOCAR!!!!!!!!!!!)
No capítulo anterior...

#E-mail#
Selly, Demi, eu não sei se estão juntas, mas eu mandei pro e-mail da Selena, porque estava mais fácil. Amiga, por favor chame a Demi pra vocês lerem okay? Bem, foi muito difícil conseguir mandar isso pra vocês, porque agora tudo meu é controlado, mas eu.. digamos peguei o celular do menino que assenta na minha frente pra mandar isso pra vocês. A verdade é que meu segurança ta me olhando do lado de fora da sala com uma cara tipo ~em que você está mechendo¿~ mas eu não ligo pra ele, afinal minha vida aqui já ta aruinada.

Eu não arriscaria...

******************************************

Eu não arriscaria falar o nome da cidade onde estou pra vocês, seria perigoso. Gente, minha escola é deplorável e todo mundo aqui ri de mim, por eu ter que andar com um segurança me seguindo o tempo todo.

Eu tenho horário regulado até pra comer, tenho que estudar três horas por dia e o único lugar que eu tenho privacidade é no banheiro. Eu visito uma piscicóloga duas vezes na semana e meu pai me colocou em uma aula de dança pra eu ocupar a cabeça. Pensando bem, isso é bom, porque eu gosto de dançar e ocupar a cabeça seria uma boa forma de esquecer Nick.
Mas nas minhas horas vagas o que eu mais faço é chorar e compor, isso é difícil e eu só o faço nas minhas noites que passo em claro (quase todas), porque é horrível demonstrar sentimentos na frente de um brutamonte vestido de preto com cara de mal.

Minha aparência está horrível, nunca me vi com tantas olheiras, a piscicóloga me indicou soníferos, mas eu não os tomo. Não acho que sejam necessários. Aqui faz muito frio!!!!!!Sim, eu estou vivendo totalmente presa em uma cidade horrível com 5.000 habitantes.

Gente, eu não aguento mais, eu amo muito vocês, sinto falta de tudo aí, sinto faltado Nick... enfim me resta tentar esquecê-lo não é? Olha eu tenho que ir, o sinal vai bater.

Eu amo muito vocês, hugs, My *-*

#E-mail#

[...]

Casa dos Jonas.

Demi: Joe o que é isso? – Joe olha pra mão de Demi que segurava um papel. 
Ao ver do que se tratava, Joe logo tirou da mão de Demi.

Joe: Não é nada.

Demi: Joseph, porque tem uma carta da Broadway aqui¿

Joe: Demi, eu já disse, não é nada.

Demi: Jeseph... – ela disse com cara intrigada.

Joe: Tudo bem... lembra quando teve o show de talentos na escola? Então tinham alguns, sei lá o que eles eram, pessoas buscando novos talentos no evento da escola. Semana passada eu recebi essa carta, me convidando pra ir fazer um teste lá, que minhas potências vocais eram muito boas e blá blá blá.

Demi: Ai amor, que bom e quando você vai? – diz Demi toda feliz.

Joe: Eu não vou Demi.

Demi: O que? Porque?

Joe: Demi, eu não vou ira pra Nova Iorque ficar lonje da minha família e... de Você Demi. Principalmente agora, você precisa de mim. E eu estou feliz com você, a gente ta namorando eu não posso te deixar aqui.

Demi: Ora Joe, me poupe. Você esqueceu que você vai se formar daqui 3 meses e você ainda não sabe o que vai fazer? Além do mais por esse motivo. Olha, eu sei que vai ser difícil, mas a gente se ajeita, eu não vou deixar você desperdiçar essa chance. Você pode vir nas suas horas vagas e a gente vai nos fins de semana te ver.

Joe: Demi, isso tá fora de cogita... – Demi o interrompe.

Demi: O que ta fora de cogitação e você deixar uma chance dessa ir embora, sendo que você sempre gostou de cantar, por causa de mim. Joe, vá, por mim.

Joe: Eu vou pen... – Ela o interrompe mais uma vez.

Demi: Joe, se você não for por causa de mim eu vou me sentir eternamente culpada. Eu sei que você quer ir e...

Joe: Mas Demi,  eu não quero ficar lonje de você.

Demi: Nem eu Joe. Mas é só um musical e depois disso, você vai ter muita gente querendo você. Você precisa disso. E eu to vendo que você quer. É só um tempo lá e depois você volta e continua tudo aqui, se der certo. Sua mãe já viu isso¿

Joe: É claro que eu quero, mas eu prefiro ficar com você. E não, eu não mostrei pra minha mãe, eu to pensando se eu...

Demi: Você vai Joe! Por mim, eu vou me sentir eternamente culpada. E é só um teste, talvez nem de certo.

Joe: Você venceu.

Demi: Isso. – ela diz pulando e batendo palminhas. – Agora amor, eu vou ali tomar um banho okay?

Joe: Tudo bem. – Ele disse sorrindo pra ela.

[...]

Autora off, Selena on.

Eu estava no meu quarto, deitada, olhando pro e-mail de Miley, mas definitivamente, eu não enxergava nada. Minha vista estava totalmente embaçada, com lágrimas. Eu até hoje não conseguia acreditar no que tava acontecendo.

Meus pensamentos são cortados por minha mãe.

Mandy: FILHA, O GREGG TA AQUI, MANDEI ELE SUBIR.

CONTINUA...

Hey divas minhas!!! Primeiramente, me desculpem a demorar pra postar... férias... rsrsrs' mas isso está acabando e minhas aulas voltam dia 6 e eu vou ter aula de manhã e a tarde, vocês sabem... Então vou postar só nos fins de semana e quando der, só não me abandonem okay?? xoxo amo vocês!!


Mackenzie: NÃO ERREI SEU NOME!! rsrsrs Claro, não vivo sem você!  Desculpa parar nessa parte.. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Você sabe que eu te amo né? beijinhos com baunilha

Bruna: Bebê, não liga pra ela não ta? É que ela me ama demais sabe? rsrs' esses dias falei com ela 50 min no telefone! isso pra ela mora longe né... kkkk mas rlx, no meu coração tem espaço pra MUITAS Brunas lindas como vocês duas!! Love you xoxo

With Love.

Mah Jonas *------*

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Capítulo 18 - Dedicado a Makenzie, minha pequena *-*

Capítulo 18



No capítulo anterior...

Peguei meu creme de baunilha em cima da pia e fui até minha cama. O passei em meu corpo e depois fui escolher uma roupa pra colocar. Peguei um vestidinho florido e leve, estava realmente calor e coloquei uma rasteirinha. Deixei meu cabelo preso, peguei um óculos e desci correndo.

***********************************

A verdade é que eu não passei nem um gloss, não estava com paciência queria ir ver Selena logo.

Demi: Vamos logo Joe¿

Joe: Claro, vem.

Nós fomos e quando chegamos na casa de Sel, saí do carro correndo, Joe gritou de lá que era pra eu ligar quando fosse pra me buscar, eu apenas assenti e mandei um beijo pelo ar.

Dim dom.

Mandy abriu a porta.

Demi: Oi...

Mandy: Ah querida, como você ta¿

Demi: Não sei... – eu disse olhando pra baixo deixando uma lágrima solitária escorrer. – Eu estava com muita saudade.

Mandy: Eu também querida. – ela disse e me abraçou. – agora corre e vai falar com Selena.

Subi tropeçando nos degraus e quando abri a porta do quarto de Sel me deparei com uma das piores cenas da minha vida.

Selena: Demi! – ela veio até mim correndo.

Eu a abracei, mais forte do que nunca antes. Ficamos ali conversando muito. Ela estava acabada e por mais que eu tentasse ter força pra ajudar minha amiga, eu não conseguia, por fim eu que acabei sendo mais consolada por ela. Deitei com a cabeça em seu colo e el ficou brincando com meu cabelo enquanto conversávamos.

Demi: Mas ela não falou pra onde estava indo?

Selena: Não...

Demi: Ela vai fazer falta. Me lembro até hoje de quando a conheci, ela estava saindo do carro do pai dela toda atrapalhada e feliz por ter chegado em Los Angeles. Daí eu ajudei ela arrumar suas malas e depois ela foi na festa comigo. – Disse chorando, mas sem conseguir esconder um sorriso dessa lembrança. –Mas foi aí que tudo começou a dar errado. – logo o sorriso que estava formado em meu rosto desapareceu.

Selena: Eu lembro quando você apresentou ela pra gente. Ai ela é tão linda. Me lembro das fugas dela. Mas o que foi mais engraçado, foi quando você deu a ideia de ela fazer um jantar pro Nickito na casa dela, enquando tinha a reunião de pais. Mas aí a reunião acabou mais cedo e o Nick ficou muito confuso, tadinho.

(risos)

Demi: Em pensar que ninguém desconfiou que aquele “admirador secreto” era o nosso bebê. E pior, que a ideia toda foi da minha irmã.

Selena: Madison... Madison... Madison. – risos.- É amiga, a melhor coisa que a gente faz é guardar esses momentos bons no coração né¿ A Miley se tornou insquecível... – ela disse e nós duas nos juntamos a um abraço, com mistura de emoções e muito choro.

[...]

Autora on.

Dias depois...

Miley tinha ido embora e estavam todos acreditando que ela nunca voltaria. Nick não saía do quarto, apenas pra ir pra escola, afinal, as aulas já tinha voltado, férias do meio do ano são curtas. Ninguém tinha aquele sorriso no rosto. Joe sempre catava Demi chorando pelos cantos, mas posso dizer que ele era o melhor namorado do mundo! Sempre apoiava Demi, sempre que ela precisava. Selena estava pior que nunca, assim como todos, ela e Gregg nem se falavam tanto mais, até porque Selena não estava falando com ninguém ultimamente.

[...]

Selena estava em casa, foi verificar sua caixa de e-mails, como sempre fazia até que viu um e-mail de uma conta diferente.

Quando Selena começou a ler, já sentiu de quem era aquilo e viu seus olhos marejarem. Pegou seu celular correndo e ligou pra Demi.

#LIGAÇÃO#

Demi: Alô¿

Selena: Demi! Você tem que vir agora!

Demi: Selena¿ Calma, o que aconteceu¿

Selena: A Miley mandou um e-mail Demi. Vem aqui pra casa.

Demi: To indo! Tcahu!

#LIGAÇÃO#

Quando Demi chegou na casa de Selena, Selena abriu seu notenook e ela e 
Demi leram juntas o e-mail.

#E-mail#

Selly, Demi, eu não sei se estão juntas, mas eu mandei pro e-mail da Selena, porque estava mais fácil. Amiga, por favor chame a Demi pra vocês lerem okay? Bem, foi muito difícil conseguir mandar isso pra vocês, porque agora tudo meu é controlado, mas eu.. digamos peguei o celular do menino que assenta na minha frente pra mandar isso pra vocês. A verdade é que meu segurança ta me olhando do lado de fora da sala com uma cara tipo ~em que você está mechendo¿~ mas eu não ligo pra ele, afinal minha vida aqui já ta aruinada.

Eu não arriscaria...

CONTINUA...

Hey pequenas minhas. Bom, a verdade é que eu chorei MUITO escrevendo esse capítulo, que foi a uma semana atrás mais ou menos, mas eu não estou conseguindo esconder a felicidade abundade que toma conta do meu rosto nesse momento. Vocês, Lovatics devem saber porque né¿ Demi Lovato – Brasil – Abril – 2012 é igual a¿¿ MARIA PAULA CURTINDO MUITO! Rsrs’ enfim, acho que até que enfim chegou minha vez de conhecer nossa diva. Conhecer a mulher que me ensinou tudo o que sei. Vou poder vê-la na minha frente, cantando pra mim e sentir a emoção de cantar com ela, cantar com a pessoa que salvou a minha vida. Bem, a verdade é que eu não sei se eu vou conseguir cantar, porque ontem eu estava vendo os vídeos do show do Nick em BH de uma menina que estava do meu lado, encostada lá na frente e eu ouço muito os meus gritos rsrsrs’ tipo os mais altos. Yeah, I’m crazy. Enfim, flores do meu jardim, eu quis compartilhar um pouco de minha grande felicidade com vocês, only this. E quem for no show em SP, me avisa, quem sabe a gente não se encontra lá na fila. Xoxo *-*


Respostinhas:

Livia Vanconcellos: Hey flor, awn, thanks!! KisSEMI love u!

Bruna: Diva!! Ow, você é muito fofa! Obrigada... Ah, é um prazer ficar até as 4 escrevendo! Bem, eu tenho sim, outra fic que eu escrevo, mas eu não posto ela. Ela é muito boa, mas eu vou começar a postá-la só quando essa acabar okay¿¿ Beijinhos de baunilha

Makenzie: Ai eu não acredito que você ta com ciumes... rsrsr’ amor, você sabe that you’re my only shorty. Minha pequena inteligente! Eu não vou te trocar, mas isso não significa que eu não possa ter outra amiga leitora chamada Bruna né¿ Não fica bravinha ta¿ é que todos me amam de mais ~jogada de cabelo~ kkk brincadeira, mas pra você não ficar brava, dediquei o capítulo pra você, você viu como é especial¿ xoxo 

with love,
Mah Jonas

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Capítulo 17 + respostinha *-*

Capítulo 17



No capítulo anterior...

Joe: Tá melhor?

Demi: Na medida do possível.

Joe: Dorme com Deus pequena, qualquer coisa me chama ta? Eu te amo, MUITO! – ele disse e foi em direção a porta do quaroto.

Demi: Joe! – ele olhou. – fica¿ - eu disse e comecei a chorar.

**************************************

Joe: Hey pequena. Não fica assim, por favor. – ele disse vindo em direção a mim.

O encarei com lágrimas nos olhos e ele se sentou ao meu lado e pegou minhas mãos.

Joe: Tenta parar de pensar um pouco nisso. Eu sei que é difícil, mas tenta descansar. – ele disse enxugando minhas lágrimas. – Toma um banho, eu vou fazer o mesmo e depois eu volto e fico com você ta?Amanhã bem cedinho eu te chamo você toma um banho e eu te levo lá na casa da Selena. Vocês conversam e ficam juntas um pouco.

Demi: Ta. Eu vou tomar um banho então.

Ele me abraçou e depois saiu do meu quarto.

Demi off, Joe on.

Saí do quarto de Demi e fui tomar um banho. Liguei o chuveiro e deixei a água cair sobre minhas costas e minha cabeça. Pensei muito em como tudo isso foi acontecer e em como Nick deveria estar. Saí do banho rápido, sabia que Demi iria demorar e fui até o quarto de Nick.

Cheguei lá e encontrei a porta semiaberta. Resolvi procurá-lo, mas não achei ele em nenhum lugar da parte de cima da casa. Resolvi descer pra ver se eu achava. Fui em todos os cômodos da casa, mas não o encontrei, comecei a ficar preocupado até que olhei pra área da piscina e o encontrei.

Fui até la e quando cheguei ele estava sentado em um murinho, balançando os pés, com os olhos inchados e com lágrimas e com a pior cara do mundo.

Joe: E aí cara¿ como você ta¿

Ele se virou para mim e me abraçou. Ficamos por ali por uns cinco minutos.

[...]

Depois de conseguir fazer o Nick subir e tentar dormir, fui para o quarto de Demi. Cheguei lá e ela estava sentada na poltrona rosa do seu quarto domindo de roupão rosa, com uma cara bem cansada.

Fui até lá e me agaixei ao seu lado.

Joe: Demi, meu amor, vem pra cama. – eu disse passando de leve a mão em seu rosto delicado.

Demi: Hãn¿ Joe... Ah, claro, eu só vou me trocar.

Ela se levantou e se trancou no closet. Depois de um tempo ela saiu com uma camiseta... minha? e um short de pijama rosa, que ficava quase todo coberto pela camiseta.

Joe: Andou mexendo nas minhas coisas mocinha?

Ela riu e veio correndo até mim pulando em meu colo. Foi bom ver que ela sorriu um pouco. A Segurei em meu colo e a beijei. Depois fui com ela até a cama e nós ficamos deitados lá.

Fiquei fazendo cafuné no cabelo dela, ela estava de olhos fechados, pensei que estivesse dormindo, mas não.

Demi: Joe!

Joe: Hãn?

Demi: Eu não to conseguindo dormir. – ela disse olhando pra mim com os olhos lacrimejados.

Joe: Hey, eu to aqui. Não fica assim. – ela me abraçou e eu dei um beijo em sua testa.

Demi: Mas eu to com medo.

Joe: Demi... eu to aqui ta? Se precisar ficamos acordados até o sol sair, mas eu não vou te deixar sozinha.

Demi: Tudo bem.

[...]

Acordei abraçado a Demi. Olhei no relógio do quarto dela e eram 10:30 da manhã. Levantei e fui tomar um banho, ali no banheiro dela mesmo.

Joe off, Demi on.

Acordei e vi que Joe não estava ali, sentei na cama e rodeei meu quarto com os olhos. Não o encontrei, até que ouvi o chuveiro ligado no banheiro. Será que Joe estava tomando banho no meu quarto?

Me levantei e fui até minha penteadeira, olhei no espelho e fiz um rabo de cavalo. Observei que a bateria de meu celular ia acabar, então fui me vivar para ir até a escrivaninha bagunçada perto de minha cama até que me deparo com JOSEPH ADAM JONAS DE TOALHA NA CINTURA, CABELO MOLHADO E BAGUNÇADO! ME SEGURA QUE EU VOU CAIR.

Demi: Joe¿ - eu disse sem graça. Ele riu e veio até mim.

Joe: Bom dia pequena, dormiu bem¿

Demi: Ah.. ér.. eu¿

Joe: Quem mais¿

Demi: Dormi sim. – disse desviando o olhar.

Joe: Demi! Nós somos namorados meu bem, você não precisa ficar sem graça ao me ver de toalha, afinal eu estou de toalha.(AAAAAAAH JOHEY, MEU BEM! FALA ISSO PRA MIM?) – ah me desculpa Joe, eu nunca vou me acostumar.

Demi: Eu não estou sem graça!

Ele riu de minha preocupação.

Joe: Eu vou no meu quarto trocar de roupa. Se arruma que eu te levo na Selena. Eu vou estar lá em baixo ta¿ - ele disse e me deu um selinho.

Demi: Tudo bem.

Ele saiu e depois que eu deixei de ficar abobada com aquele deus grego na minha frente, finalmente me lembrei que tinha que colocar meu celular pra carregar. Depois que o fiz, fui tomar um banho.

Tentei não ficar lembrando de tudo, mas a saudade de Miley doía. Eu tinha ficado duas semanas lonje e agora... Ai Demi, esquece isso.
Já me vi com lágrimas nos olhos. Esfreguei meu corpo, mas não lavei o cabelo, eu já tinha o feito ontem e aproveitei o rabo que fiz mais cedo pra não molhá-lo. Depois de uns 20 minutos desliguei o chuveiro e saí.

Peguei meu creme de baunilha em cima da pia e fui até minha cama. O passei em meu corpo e depois fui escolher uma roupa pra colocar. Peguei um vestidinho florido e leve, estava realmente calor e coloquei uma rasteirinha. Deixei meu cabelo preso, peguei um óculos e desci correndo.

CONTINUA...

Heey lindas. O que estão achando? O Joe não é fofo preocupado com o Nick *-------------------* Quem dera ter um irmão assim... é pensando bem não queria que ele fosse meu irmão não, entendem?? rsrsrs' Gente teremos surpresas em breve e não posso dizer que sejam muito boas : (( enfim, temos que esperar né? rsrs BeiJEMI

Respostinha:
Heey queria nova leitora chamada Bruna!! Bem, primeiramente, desculpa por te fazer chorar, não é minha intenção : ((. E agora, awn brigada flor, comenta sim, eu sempre leio todos os comentários e fico muito feliz com eles. E obrigada por estar divulgando, se tiver algum blog avisa que quero ler. Bem, são exatamente 4:19 da madrugada e eu estou absolutamente sem sono, escrevendo dês das 2:00 a fic rsrs'. Hoje eu estou inspirada!! 
Beijinhos com gliter *-*