terça-feira, 8 de maio de 2012

Capítulo 46 BIG




"Demi: Eu acordo com essa aparência... Joe: Sim, ela acorda com... uh, eu tenho que tomar cuidado com o que eu falo aqui!" - Jemi Facts

No capítulo anterior...

Vou para o quarto de Madison e deito ali com ela, adormeço...

[...]

Demi off, Autora on.

1º de Julho de 2012.

***********************************

O tempo passara, as coisas tinham mudado. Madison havia se mudado para Dallas, estava morando com a avó paterna e o pai. Demi continuava na casa de Denise e ela e Joe continuavam... digamos... apaixonados. Kevin e Dani haviam voltado da lua de mel e estavam morando em Los Angeles mesmo, mas em uma outra casa, linda por sinal e adivinhem... Dani estava esperando bebê! Isso mesmo ela estava grávida, o que pra Kevin era perfeito, o mais novo papai estava radiante. Joe estava indo bem na faculdade e a escola estava monótona e fácil para as meninas. O que realmente havia mudado era a relação de Billy com Nick, eles se tornaram amigos, pra não dizer outra coisa e Nick já até tinha ido passar alguns feriados com ele e com Miley na cidade natal deles. Demi não tinha voltado à antiga casa ainda, mas ela estava bem e ansiosa para as férias chegarem. Selena não estava mais com Gregg o que era estranho, já que ela não contava a ninguém o motivo de ter o deixado.

Autora off, Miley on.

Billy: Filha, preciso te falar uma coisa.

Miley: O que pai¿

Billy: Senta aí. – ele disse apontando pro sofá. O fiz.

Miley: O que aconteceu¿

Billy: Bem... eu não sei como dizer isso, eu... – Estranho...

Miley: Desembucha caipira.

Billy: Hoje uma amiga vem aqui em casa jantar. Eu quero que você esteja aqui, ela vai trazer a filha dela e chame Nick, Lorelai tem que conhecer toda a família.

Miley: Ai meu Deus! Pai, um jantar romântico com toda a família! Você desencalhou é caipira¿

Billy: Se comporta pestinha. – ele disse rindo e saiu dali com um sorriso bobo no rosto.

Miley: TO INDO NA CASA DO NICK. – gritei e saí.

...

Dim Dom.

Demi abriu a porta rindo.

Demi: Miles!

Miley: Nossa o que ta acontecendo nessa casa¿ - digo entrando.

Chego na sala e vejo Joe chorando de rir e Nick com uma cara de coitadinho.

Miley: O que aconteceu aqui¿

Joe: Oi! – Joe diz rindo mais ainda.

Vou até Nick e selo nossos lábios, enquanto isso Demi entra na sala e senta no braço do sofá onde Joe está deitado olhando pra ele e rindo.

Miley: Eles estão zombando do meu bebê é¿ - Nick sorri.

Nick: Nunca vi gente mais boba que esses dois.

Miley: Alguém pode me explicar o que aconteceu¿

Demi: O Nick... – ela não parava de rir.

Nick: Eu escorreguei e caí, pronto falei. – Me segurei pra não soltar uma gargalhada.

Demi: Para, explica direito.

Miley: Parem vocês dois de rir do meu Nickito. – eu digo fazendo graça e com o tempo eles param de rir.

Eu Demi, Joe e Nick estávamos ali na sala fazia um tempo.

Miley: Nick a gente pode conversar¿

Nick: Sim. – Nick olha pra Joe e Demi.

Joe: Já entendi. – ele disse pegando Demi no colo e a levando pra área da piscina.

Miley: Vocês podem ficar aqui! – digo rindo, mas Joe deu de ombros.

Nick: Pode falar princesa.

Miley: Meu pai quer que você vá jantar lá em casa hoje.

Nick: Ah, seu pai quer é¿

Miley: Sim, eu falei que não, mas ele insistiu muito. – Nick ri. – O que foi¿

Nick: Você não existe. – sorrio.

Miley: Então, você vai¿

Nick: Claro, não dá pra recusar um convite do senhor Billy Ray Cyrus. – rio dele e selo nossos lábios. – A que horas chego na sua casa¿

Miley: Não sei. – digo rindo. – Quando eu chegar lá pergunto pro meu pai e te ligo.

Nick: Lerdinha. – ele diz rindo me beijando. – Te amo sabia¿

Miley: Eu também te amo, sabia¿ - ele sorri. Até que somos interrompidos por uma gargalhada de Demi e olhamos entre o vidro pra ver o que estava acontecendo e vemos Joe girando Demi, como se estivesse dançando.

Miley: Ela não teria aguentado sem ele.

Nick: O tempo passou rápido.

Miley: Pois é, Demi lidou tão bem com a situação, foi tão forte. Mas não sei o que teria sido dela sem a família de vocês.

Nick: Demi sempre foi a filha mulher que meu pai e minha mãe não tiveram. Ela é a nossa pequena. – ele diz sorrindo.

Miley: To com ciúmes. – ele sorri mais ainda.

Nick: Eu só tenho olhos pra você, princesa mais maravilhosa de todo o mundo. – sorrio e fico o encarando.

Miley: Bem, agora eu tenho que ir, tenho que me arrumar pro jantar. Vai bem lindo, teremos visita. Te amo, tchau.

Nick: Te amo princesa, não demora pra me ligar ta¿ - ele me beija. – Tchau.

Saio dali.

Miley off, Demi on.

Demi: Joe...

Joe: Sim¿

Demi: Eu preciso voltar à minha casa.

Joe: Você sabe que não precisa ir se não quiser não é¿

Demi: Eu quero. Eu tenho que pegar umas coisas lá. Você vai comigo¿

Joe: Vou sim pequena.

Demi: Eu quero ir agora, pode ser¿

Joe: Sim, vamos.

Nós entramos e avisamos a Nick que estávamos saindo, pude ver Nick olhar preocupado para Joe e apontar o celular, mas não disse nada, ignorei.

Entrei no carro de Joe e fomos seguindo o caminho, quando mais perto da casa mais eu sentia uma angústia de ter que lembrar dos momentos em família que tive lá. Joe vira a esquina e para em frente a porta principal. Seguro em sua mão forte.

Joe: Demi, você quer voltar¿

Demi: Não, está tudo bem Joe, eu tenho que fazer isso. – ele fez um breve cafuné em meu cabelo e saiu. Fiz o mesmo e ele me abraçou de lado.

Peguei a chave e enfiei na fechadura, rodei a chave e depois Joe fez isso com a maçaneta. A casa grande estava toda fechada e escura. Passei pela porta e acendi a luz.

Demi: Me espera aqui, eu vou lá em cima e já volto. – Disse indo em direção à escada, quando vejo um porta retratos com a foto de toda a família. Fecho os olhos, mas não consigo evitar as lágrimas de saudade da minha mãe. Me viro para Joe, praticamente implorando um abraço e ele entendendo o faz.

Joe: Vamos embora Demi, você não precisa se torturar desse jeito.

Demi: Não, eu quero isso. Só... venha comigo, por favor.

Joe: Claro pequena. – ele disse secando as minha lágrimas.
Cheguei no corredor e fui em direção ao meu quarto. Abri a porta e entrei, peguei tudo o que eu precisava e depois sai dali. Quando vejo a porta grande, de madeira no fim do corredor. Olho pra Joe e ele faz sinal de negação com a cabeça. O obedeço, eu não estava forte o bastante pra entrar no quarto da minha mãe.

Demi: Faz quase 5 meses e eu não consegui aceitar isso ainda. – ele me abraça.

Demi: Obrigada. – ele me beija no topo da testa e entrelaça seus dedos aos meus, me guiando para fora daquela casa.

Demi off, Miley on.

Eram oito da noite e eu vi da janela de vidro da sala o carro de Nick e depois ele saindo para entrar em minha casa. O esperei em frente a porta.

Nick: Oi. – ele diz selando nossos lábios. – Você está linda.

Miley: Obrigada. Você também! – digo sorrindo e ele entra.

Billy: E aí Nick, como vai¿

Nick: Bem e você¿

Billy: Também. – eles dizem se cumprimentando informalmente. – Miley me ajuda aqui.

Fui até meu pai e tirei uma das mil coisas que ele segurava nas mãos e coloquei na mesa.

Miley: Você não precisa ficar tão nervoso, pai. – e a campainha tocou. Ele me olhou. – Deixa que eu atendo.

Dei uma ajeitadinha no cabelo, passei por Nick ajeitando seus cachos e fui abrir a porta. Quando o fiz, uma mulher linda, Lorelai e uma menininha simpática apareceram na minha frente.

Miley: OI! Sejam bem vindas, entrem. – eu disse sorridente e me esforçando pra não ser forçada. Assim que elas entraram, as abracei e Nick fez o mesmo.

Depois meu pai selou seus lábios com Lorelai e eu olhei sorridente pra Nick. Todos nos sentamos na mesa.

Billy: Lorelai, essa é minha filha de quem comentei, Miley e esse é seu namorado, Nick.

Lorelai: Ela é mesmo linda. – disse simpática e eu sorri, acho que era a coisa que eu mais fazia.

Billy: E essa é Noah, certo¿ - ele disse olhando para a pequena de grandes olhos azuis.

Noah: Sim, eu mesma!

O jantar correu bem, elas eram simpáticas e eu estava realmente feliz de meu pai ter arrumado alguém. Noah estava  lá em casa, pois meu pai e Lorelai ainda iam sair, estávamos eu, Nick, Noah e Wood lá.

Miley: Ela parece estar com sono. – disse para Nick olhando para Noah que cochilava no sofá encostando a cabeça em Nick.

Nick: Parece¿

Woodson: Miley, quer que eu arrume uma cama para ela¿

Miley: Não precisa Wood, pode ir dormir, eu ajeito, obrigada.

Woodson: Bem, eu não vou recusar, estou morto. Boa noite. Nick se quiser ir embora, eu cuido das meninas.

Nick: Obrigado Woodson, mas eu vou esperar Billy voltar.

Woodson:
 Boa noite então. – Ele disse se dirigindo ao seu quartinho, que ficava ali no andar de baixo mesmo.

Miley: Eu vou lá no meu quarto arrumar um lugar pra ela deitar, já volto. – disse selando meus lábios com os de Nick e saindo dali.

Subi as escadas correndo e ajeitei minha cama mesmo pra ela.

Miley: Nick, traz ela¿ - disse falando pela escada. Ele assentiu e a pegou no colo (forte *-*), subiu as escadas e a colocou deitada na minha cama. – Obrigada.

Nick: De nada princesa.

Miley: Vamos descer¿ - ele me abraçou de lado e nós descemos.

Nos sentamos no sofá abraçados e eu fiquei brincado com seus cachinhos definidos.

Miley: Eu nem acredito que a gente se ajeitou.

Nick: Nem eu. Sabia que eu te amo¿

Miley: Sabia sim. – digo rindo.

Nick: Seu pai parece outra pessoa.

Miely: É.

Nick: Mas isso não importa, o que importa é que eu tenho a mulher mais linda do mundo comigo.

Miley: Own. – digo apertando suas bochechas e ele se levantou do sofá. Olhei pra ele com cara de dúvida.

Nick: Dança comigo¿

Miley: Nick, você é louco.

Nick: Por você. – ele diz me puxando e colando nossos corpos e depois colocou o fone do iPod no meu ouvido.

Miley: Eu não sei dançar de par.

Nick: Eu te ensino.

E ele começou a me guiar, o abracei e ficamos ali, por um bom tempo, dançando a música que só nós podíamos ouvir. Ele me encarou com os olhinhos pequenos e caídos dele e me beijou. Os seus lábios quentes me surpreendiam a cada beijo, era perfeito. Ele nos separou sorrindo.

Miley: Você é perfeito Nicholas... – ele riu e me puxou pro sofá. Tirei o fone e me deitei em suas pernas.

CONTINUA...


Hey minhas lindas leitoras, como vão? Eu como pedido de desculpas por demorar pra fazer divulgações e demorar pra postar, resolvi postar um capítulo gigante pra vocês! O fato é: Ontem cheguei em casa às 7:30 da noite porque o pneu da minha vã furou, hoje cheguei as 2:00 porque a vã atrasou. Tenho duas provas amanhã e ainda não estudei nada poque tenho um trabalho impossível de informática que eu não consigo fazer nada e tive inglês. Minas médias na escola nunca foram tão ruins, porque como vocês sabem eu mudei de escola e percebi que mesmo estudando em escolas particulares, nunca tive suporte nenhum. Foi o pior bimestre da minha vida, eu pela primeira vez na vida, perdi média em matemática. Eu estou me adaptando ainda com essas mudanças. Mas pelo menos eu estou melhor de uns problemas aí, às vezes eu fico meio "doente" mas eu estou feliz, mesmo odiando a escola. Eu tenho MUITA coisa da fic escrita e não sei quando uma temporada nova vai começar, depois vocês vão ter que me ajudar, right? À todos os blogs que eu acompanho, mil desculpas, eu não ando tendo tempo, em alguns eu ainda comento, mas eu ando sem tempo e se deixar de comentar em um capítulo ou outro e por causa disso e de outras coisas mais. Eu vou ter 5 sábados de aula por bimestre então, posso não mais postar toda sexta :// 

Bem, é isso, mil desculpas, mais uma vez. Espero que tenham gostado do capítulo! Obrigada à todos(as) vocês.

Love,
Mah Jonas

10 comentários:

  1. Ficou lindo!
    Adorei!
    Posta logo
    xoxoxo=)
    Niley >.<

    ResponderExcluir
  2. Ta vendo? Dito e feito sempre sempre sempre me impressionando.... tao linda a relacao da Demi com o Joe , ele tao compreensivo com ela, sempre ajudando ..quero um desse pra mim u.u mas entao...PERFEITO O CAPITULOOOOO AMEI AMEI AMEI E POSTE LOGO TA?! BJO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AW que linda você!! Obrigada bb, por isso e por aturar meus dramas!! rsrs Hey, o Joe é só meu e da Demi ta? rsrsrs
      xoxo

      Excluir
  3. nossa quando eu penso vc pode fazer coisa melhor? vc me surpreende cap. divino como sempre olha vc ta bem a pertadinha mas se desse pra divulgar o meu blog novo ?
    so era isso... mas bem o joe tao fofo com a demi e a miley e o nick? my good eu pensei que a filha de lorelai ia ser adolecente e tentar roubar o nick da my ia ser bem maça... kkkkk... perfeito.... olha só diana eu sei que vc nao tem culpa de ter morrido mas deixou uma criaturinha triste e e isso é feio não pode hum.~finge que to brigando com um espirito~ posta logo
    minha inspiração
    bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OMG, obrigada Bruninha : ))
      kkkkkk no... ela é a Noah *-* sim, a Noah entrou pra fic, amo ela!!
      AMO quando você me chama de "minha inspiração" e pode deixar que eu vou divulgar assim que der ta linda? Eu arrumei um tempinho e comentei nas duas ;p
      xoxo

      Excluir
  4. Obrigado por divulgar meu blog. *---*
    POSTA LOGOOOOO!!!
    - Beeeijos.

    ResponderExcluir
  5. Oi meu amor! Haha... Morrendo de preguiça de comentar hoje! kkkkk Então vamos ao mini comentário...
    Que capítulo PERFEITOOO! Que lindo... Como as meninas aí em cima disseram... Você sempre nos surpreendendo com essa incrível capacidade de nos surpreender! kkkk
    Ok! Isso não soou muito lógico...
    Posta LOGOO! kkkkk Acho que não estou em condições de pedir isso, né?
    Beijo! Amo-te mais que tudo!
    Letícia!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada linda *-* awn, você é muito fofa!!!!!!!!!!!!! AMO MAIS!
      rsrsrs
      xoxo

      Excluir

Comentarioos *-* lindinhoos!